1º de maio, Dia Mundial do Trabalho


O Dia Mundial do Trabalho foi criado em 1889, por um Congresso Socialista realizado em Paris. A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que aconteceu em 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos Estados Unidos naquela época.

Milhares de trabalhadores foram às ruas para protestar contra as condições de trabalho desumanas a que eram submetidos e exigir a redução da jornada de trabalho de 13 para 8 horas diárias. Naquele dia, manifestações, passeatas, piquetes e discursos movimentaram a cidade. Mas a repressão ao movimento foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os operários e a polícia.

Em memória dos mártires de Chicago, das reivindicações operárias que nesta cidade se desenvolveram em 1886 e por tudo o que esse dia significou na luta dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo, o dia 1º de maio foi instituído como o Dia Mundial do Trabalho.

Fonte: IBGE / Ministério do Trabalho

O Dia do Trabalho no Brasil


A primeira celebração que se tem conhecimento, ocorreu em 1895, em Santos, por iniciativa do Centro Socialista, entidade fundada em 1889 por militantes políticos como Silvério Fontes, Sóter Araújo e Carlos Escobar.

E em 1925, o Presidente Artur Bernardes decretou 1º de maio como o Dia dos Trabalhadores, passando a ser feriado nacional. Nesse dia então, são feitos por todo o País, comícios, pequenas passeatas, festas comemorativas, shows, desfiles e apresentações teatrais.

Em 1º de maio de 1940, o Presidente Getúlio Vargas, instituiu o salário mínimo e reajuste anual do mesmo e a redução da jornada de trabalho para oito horas. Criou o Ministério do Trabalho, regulamentou o trabalho da mulher e do menor, promulgou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), garantindo o direito a férias e aposentadoria.

Na redemocratização do Brasil, após a ditadura militar, na Constituição de 1988, vários avanços foram conseguidos e hoje colocados em questão, como as Férias Remuneradas, o 13º salário, multa de 40% por rompimento de contrato de trabalho, Licença Maternidade, previsão de um salário mínimo capaz de suprir todas as necessidades existenciais, de saúde e lazer das famílias de trabalhadores, etc.

A luta constante dos trabalhadores reside em manter todos os seus direitos constitucionais adquiridos e buscar, criar, mais avanços na direção da justiça, dignidade e bem estar da humanidade.

“A história do Primeiro de Maio mostra, portanto, que se trata de um dia de luto e de luta, mas não só pela redução da jornada de trabalho, mais também pela conquista de todas as outras reivindicações de quem produz a riqueza da sociedade.” – Perseu Abramo

Só o trabalho, a força, a união, o amor e a dignidade constrói!

Parabéns a todos os trabalhadores pelo seu dia!



Recomende isto no Google

Um comentário:

  1. Oi amiga Marize! A história do Primeiro de Maio é muito interessante e fundamental para todo o mundo, em muitos aspectos. Seja sempre bom. Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante!

Muito obrigada e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...